Carrossel do Casa da Montanha: um ícone de sonho em Gramado




O carrossel é um clássico que nunca perde seu encanto, nunca sai de moda. Sempre foi e sempre será um símbolo de alegria que leva qualquer criança ou adulto a um mundo mágico e exerce um fascínio como nenhum outro brinquedo. E essa é a mensagem que o carrossel do Casa da Montanha traz, totalmente ligada ao propósito de entrega do hotel. Localizado em frente ao Casa da Montanha, um dos lugares mais fotografados de Gramado, não é um ícone só do nosso hotel, como também da cidade. Difícil alguém passar por aqui e não ser atraído por suas cores, suas formas e sua trilha sonora inconfundível!


Mas poucos sabem de sua história, que merece ser contada: foi de Luciano Peccin, sócio-fundador do Casa da Montanha, a ideia do carrossel. Desde o primeiro Natal Luz de Gramado, onde ele também foi um dos idealizadores, ele queria colocar o brinquedo no centro da Praça Major Nicoletti. Só que na época, não se encontravam carrosséis bonitos no Brasil, do jeito que ele imaginava. Então ele se contentou com o que tinha. Só que a ideia de ter um carrossel lindo, exclusivo, continuava martelando sua cabeça fantástica. A busca incessante o levou a outro patamar: construir o próprio brinquedo! Assim, poderia concretizar sua ideia do jeitinho que imaginava.


Apaixonado pelo processo de criação e construção, acabou escolhendo um lugar de destaque em Gramado para que todos pudessem sonhar e brincar juntos: na entrada do Casa da Montanha, em plena Avenida Borges de Medeiros.


A atração está lá já faz vários anos. Virou ponto turístico na cidade e super instagramável. Tanto hóspedes como visitantes adoram brincar no carrossel, tirar fotos, fazer selfies, namorar, relembrar a infância e nunca deixar adormecer a criança que vive em cada um de nós, independente da idade que tenhamos.


Agora o sonho de seu idealizador foi completamente restaurado e revitalizado pelo artista @nathan.illuminart , ganhando novas cores e novo encanto para brilhar por muitos anos mais.

E você? Já brincou em nosso carrossel? Qual a sua história com ele? Conta pra gente <3